Arquivo da categoria: PLANO DIRETOR

DESENVOLVIMENTO: População contribui com propostas para a cidade

Por Millena Sartori

Planos Diretor e de Mobilidade Urbana têm caráter participativo

Nesta semana foram realizadas duas oficinas comunitárias referentes à elaboração dos Planos Diretor (PD) e de Mobilidade Urbana (PlanMob), que estão planejando o desenvolvimento da cidade para os próximos dez anos. Coordenados pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Ponta Grossa (Iplan), ambos os documentos estão sendo desenvolvidos em paralelo e se encontram na fase de propostas e diretrizes – e a população pode participar ativamente desse processo.

Além das oficinas e audiências públicas está disponível um formulário online que possibilita o envio de sugestões sobre temas somo mobilidade e acessibilidade, habitação, infraestrutura, equipamentos públicos e meio ambiente, entre outros. Para participar, basta acessar o link https://goo.gl/EzQqpM.

Nesta quarta-feira (5) o Iplan e a Urbtec, empresa contratada para consultoria nos projetos, apresentaram o desenvolvimento dos planos para o prefeito Marcelo Rangel. Entre os pontos levantados estão a capacidade de suporte ambiental, de das infraestruturas e dos equipamentos públicos, de mobilidade, do acesso a terra urbana e moradia e expansão urbana.

Alguns dos objetivos já traçados são compactar a cidade, promover uma gestão integrada de resíduos sólidos, possuir mobilidade urbana sustentável, aéreas verdes urbanas, drenagem urbana, adaptação e vulnerabilidade, cidade inteligente, e eficiência na gestão dos territórios rurais.

Do Iplan participaram da reunião o presidente, Ciro Ribas, a arquiteta Karla Stamoulis, a coordenadora de pesquisa e estratégia Sylvana Zanon e o diretor administrativo financeiro Miguel Droppa. Já da Urbtec a equipe presente foi o diretor, Gustavo Taniguchi, o arquiteto Leonardo Fernandes e o economista Mariano Macedo.

Fonte: Portal PMPG

PLANO DIRETOR E PLANMOB: População pode opinar no planejamento da cidade via formulário online

Por Millena Sartori

Na próxima semana também serão feitos encontros presenciais abertos a propostas

O Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Ponta Grossa (Iplan) disponibilizou nesta semana um formulário online para facilitar ainda mais a participação da comunidade no desenvolvimento dos Planos Diretor (PD) e de Mobilidade Urbana (PlanMob). Na próxima semana, na segunda e na terça-feira (3 e 4), também serão realizadas mais duas oficinas comunitárias que fomentarão a discussão de propostas e ideias a ser incluídas nos documentos – que planejam a cidade para os próximos 10 anos.

Segundo o presidente do Instituto, Ciro Ribas, o Iplan espera, através dos formulários distribuídos, conhecer as sugestões dos munícipes para melhorias em Ponta Grossa. “Podem ser apontadas sugestões para os seguintes itens: ruas, calçadas, transporte público, ciclovias, habitação, escolas, unidades de saúde, segurança pública, áreas de lazer, praças, iluminação pública, água e esgoto, arborização, coleta de lixo, preservação dos rios e arroios, qualidade do ar, dentre outros”, aponta Ribas, afirmando que também serão disponibilizados formulários impressos em unidades básicas de saúde (UBS) e escolas.

O prazo para a contribuição vai até o dia 15 de outubro. O prazo para a contribuição vai até o dia 15 de outubro e o desenvolvimento dos planos encontra-se na fase de proposições. Além do formato online, a população também pode participar das oficinas comunitárias; as próximas serão realizadas na segunda-feira (3), na Biblioteca Municipal Professor Bruno Enei (Olarias), e na terça-feira (4), na Unicesumar (Oficinas). A participação é gratuita e aberta para toda a comunidade. Mais informações estão disponíveis no site http://planodiretor.pontagrossa.pr.gov.br e o formulário está disponível no link https://goo.gl/EzQqpM.

Urbtec

Para a produção dos planos a Prefeitura Municipal conta com a consultoria da empresa Urbtec, que já possui experiência com modelos de outras cidades. O seu diretor, Gustavo Taniguchi, avalia o andamento do projeto em Ponta Grossa. “Cada município é único em seus problemas e soluções. Ponta Grossa é mais um desafio para a nossa equipe, que considera os aspectos sociais, ambientais, econômicos e culturais para a proposição das diretrizes do Plano Diretor e do Plano de Mobilidade”, pondera Taniguchi.

O diretor da Urbtec também destaca a importância do envolvimento popular: “Contamos com a participação da população nessa fase de proposições para que os documentos possam realmente direcionar o crescimento da cidade de forma ordenada e sustentável. Mais do que planejar para os próximos 10 anos é necessário pensar a cidade das próximas gerações”, finaliza o engenheiro.

Fonte: Portal PMPG

IPLAN: Planos Diretor e de Mobilidade Urbana podem receber propostas da população

Por Millena Sartori

Nova fase de desenvolvimento dos documentos promove oficinas comunitárias na próxima semana

Na próxima semana a população ponta-grossense terá duas oportunidades para discutir o futuro da cidade, apresentar ideias e propor ações relacionadas ao desenvolvimento urbano e a mobilidade. Na segunda (3) e na terça-feira (4) serão realizadas oficinas comunitárias relacionadas aos Planos Diretor (PD) e de Mobilidade Urbana (PlanMob), que estão sendo produzidos pela Prefeitura Municipal, através do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Ponta Grossa (Iplan), junto à Urbtec Engenharia, Planejamento e Consultoria.

Com caráter participativo, apenas neste ano já foram promovidos quatro encontros com a população. O último, realizado em formato de audiência pública há duas semanas, finalizou a primeira fase e apresentou os relatórios dos trabalhos, que desenvolveram diagnósticos de Ponta Grossa. Agora, confirme explica o sócio-diretor da Urbtec, Gustavo Taniguchi, será iniciada a etapa de proposições.

“Para o PD serão definidas as diretrizes de uso e ocupação do solo, zoneamento, instrumentos de ordenamento territorial e outras propostas para direcionar os próximos 10 anos do município. No caso do PlanMob, será definida a classificação do sistema viário e as propostas de melhorias e projetos de mobilidade urbana, como novas soluções para os cruzamentos, rotas de ciclovias, rotas de caminhabilidade, itinerários de transporte coletivo, entre outros”, explica Taniguchi.

O presidente do Iplan, Ciro Ribas, destaca que a participação da população é imprescindível para a confecção dos planos. “Nós precisamos da mobilização popular para que esses documentos de planejamento atendam às demandas de quem vive na cidade, seja em qual região for”, apontou ele, destacando a oportunidade concreta da comunidade poder participar ativamente das ações governamentais.

Ambas as oficinas acontecem às 18h30; na segunda-feira (3) o local escolhido é a Biblioteca Municipal Professor Bruno Enei (Olarias), e na terça-feira (4) a atividade será realizada na Unicesumar (Oficinas). A participação é gratuita e aberta para toda a comunidade.

Trabalho de campo

O sócio-diretor da Urbtec, Gustavo Taniguchi, conta que já foram realizadas pesquisas de campo direcionadas ao Plano de Mobilidade Urbana de Ponta Grossa. “Foram levantadas as informações do transporte coletivo, sistema viário e calçadas. Esse estudo, já finalizado, foi fundamental para a primeira fase e também para carregar o sistema de simulação do tráfego na rede de mobilidade do município. Com essa ferramenta será possível testar várias soluções viárias e de mobilidade, avaliando o seu impacto no trânsito e auxiliando no processo de decisão da implantação – ou não – dessas soluções”, avalia o engenheiro.

Os relatórios da primeira fase de desenvolvimento dos projetos e demais informações sobre os documentos podem ser conferidos no site http://planodiretor.pontagrossa.pr.gov.br.

Audiência pública sobre Planos Diretor e de Mobilidade Urbana acontece na próxima segunda-feira

Por Millena Sartori

No dia 13 a população poderá conhecer e tirar as suas dúvidas sobre os documentos

Na próxima segunda-feira (13) a população terá mais uma oportunidade para entender, opinar e participar do planejamento da cidade para os próximos dez anos. Será realizada a terceira audiência pública relacionada à revisão do Plano Diretor e à elaboração do Plano de Mobilidade Urbana de Ponta Grossa, documentos que estão sendo elaborados pela Prefeitura Municipal, através do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Ponta Grossa (Iplan), juntamente à consultoria da empresa Urbtec. A audiência será realizada às 18h30 horas e terá como local o Centro de Cultura.

O objetivo do encontro é fazer uma síntese da análise temática integrada e, segundo a arquiteta do Iplan Karla Stamoulis, serão apresentadas as atividades e informações já produzidas, o novo plano e cronograma de trabalho e será reformulado o grupo oficial de acompanhamento. “Também será aberto um espaço para esclarecimento de dúvidas e proposição de sugestões que possam somar ao planejamento”, aponta Karla.

O diretor da Urbtec, Gustavo Taniguchi, afirma que a atividade irá consolidar a primeira parte da análise, que consiste no levantamento preliminar de informações e análise do material produzido em 2016 para a validação e complementação. “A próxima fase será a de Diretrizes e Propostas, onde serão realizadas outras oficinas comunitárias para que a população contribua com sugestões para o futuro da cidade no desenvolvimento urbano e também mobilidade”, conta Taniguchi, que também adianta que na próxima etapa será realizado o PAI – Plano de Ação e Investimentos, “que estabelecerá as prioridades e custos das propostas apresentadas”.

Participação popular

Por trabalhar com aspectos de todas as regiões da cidade e relacionado com diversos setores – como, por exemplo, transporte coletivo, trânsito, infraestrutura, equipamentos públicos, aspectos ambientais, habitação, lazer e áreas verdes – a Prefeitura promove ações comunitárias para ouvir as demandas diretamente da população.

Conforme explica o presidente do Iplan, Ciro Ribas, as informações técnicas levantadas são complementadas e detalhadas a partir dos relatos feitos nas reuniões populares. “Nós precisamos da mobilização popular para que esses documentos de planejamento atendam à realidade de quem vive em Ponta Grossa. Os Planos guiarão o desenvolvimento da cidade dos próximos 10 anos e devem contemplar as reais necessidades do município”, aponta Ribas.

Porém, nas últimas oficinas realizadas o número de participantes não atendeu as expectativas dos projetos. “Todas as sugestões das pessoas que participaram foram muito válidas, mas analisamos que, se compararmos o número de presentes com o total habitacional de Ponta Grossa, o envolvimento foi baixo”, comenta a arquiteta Karla, enfatizando o convite para a Audiência Pública que será realizada na próxima segunda-feira (13).

Mais informações estão disponíveis no site http://planodiretor.pontagrossa.pr.gov.br.

Fonte: PortalPMPG