0506 Lago de Olarias Projeto

Prefeitura inicia obras do projeto do Lago de Olarias

No dia em que se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente, em 05 de junho, a prefeitura de Ponta Grossa dá o primeiro passo para preservação de uma área importante da cidade. Depois de 20 anos do projeto no papel, o prefeito Marcelo Rangel dá início às obras do Lago de Olarias, no Jardim Barreto, que depois de pronto atuará em três importantes frentes: na contenção de enchentes, na mobilidade urbana, atuando na ligação entre bairros, e no lazer. Com recursos próprios de aproximadamente R$ 1,5 milhão, a prefeitura inicia este grande projeto com a construção de uma barragem, que dará origem ao primeiro dos cinco lagos previstos no projeto.
 
“O projeto do Lago de Olarias estava parado, abandonado, até o momento quando, no início desta gestão, resolvemos retomá-lo. Depois dos estudos feitos, readequações no projeto original e os recursos levantados, tenho muito orgulho de dar início a esta obra importante para a nossa cidade”, disse o prefeito Marcelo Rangel. O trabalho foi desenvolvido sob a coordenação da Agência Reguladora e Saneamento Básico (ARAS), em conjunto com o Instituto de Planejamento (IPLAN), o Núcleo de Estudos em Meio Ambiente (NUCLEAM), a Secretaria de Obras e Serviços Públicos e a Secretaria de Meio Ambiente.
 
A barragem e o vertedouro serão feitos no prolongamento da rua Aldo Vergani e é a primeira etapa do plano ecológico do Lago de Olarias.  O projeto prevê no total cinco lagos, que juntos ocuparão uma área de aproximadamente 120 mil metros quadrados. O primeiro desses cinco lagos, dependendo das condições climáticas, deve ser entregue até o final de setembro, de acordo com o prefeito, e ligará os bairros de Olarias e Oficinas. Este é o início da contenção de enchentes no lado sul da cidade, juntamente com um plano que irá proporcionar segurança e maior qualidade de vida. De acordo com o prefeito, a construção da segunda barragem já está autorizada e o projeto para o segundo lago pronto. A prefeitura busca, agora, além de recursos estaduais e federais, parceria privada para dar continuidade ao projeto.
 
De acordo com o vereador Delmar Pimentel, que atuou na retomada das obras quando era presidente da Aras, estima-se que todo o projeto do Parque de Olarias custará cerca de R$ 30 milhões. “Tivemos que recomeçar um trabalho que estava parado há muito tempo. Revimos todo o projeto, fizemos adequações e agora podemos dar início ao Parque de Olarias”, disse Pimentel, que afirmou ainda que o projeto já foi apresentado ao Ministério das Cidades, que, num primeiro momento, demonstrou interesse.
 
No anúncio do início das obras do Lago de Olarias estiveram presentes, além do prefeito Marcelo Rangel, de Delmar Pimentel, o vice-prefeito, José Carlos Raad (Dr. Zeca), o presidente da ARAS, Márcio Ferreira, vereadores, secretários municipais, o gerente geral para a Região Sudeste da Sanepar, Antônio Carlos Girardi; e o superintende regional da Caixa Econômica Federal, Luis Henrique Borgo.

Fonte: Prefeitura Municipal de Ponta Grossa.