057a0164_0-formulario

PLANO DIRETOR E PLANMOB: População pode opinar no planejamento da cidade via formulário online

Por Millena Sartori

Na próxima semana também serão feitos encontros presenciais abertos a propostas

O Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Ponta Grossa (Iplan) disponibilizou nesta semana um formulário online para facilitar ainda mais a participação da comunidade no desenvolvimento dos Planos Diretor (PD) e de Mobilidade Urbana (PlanMob). Na próxima semana, na segunda e na terça-feira (3 e 4), também serão realizadas mais duas oficinas comunitárias que fomentarão a discussão de propostas e ideias a ser incluídas nos documentos – que planejam a cidade para os próximos 10 anos.

Segundo o presidente do Instituto, Ciro Ribas, o Iplan espera, através dos formulários distribuídos, conhecer as sugestões dos munícipes para melhorias em Ponta Grossa. “Podem ser apontadas sugestões para os seguintes itens: ruas, calçadas, transporte público, ciclovias, habitação, escolas, unidades de saúde, segurança pública, áreas de lazer, praças, iluminação pública, água e esgoto, arborização, coleta de lixo, preservação dos rios e arroios, qualidade do ar, dentre outros”, aponta Ribas, afirmando que também serão disponibilizados formulários impressos em unidades básicas de saúde (UBS) e escolas.

O prazo para a contribuição vai até o dia 15 de outubro. O prazo para a contribuição vai até o dia 15 de outubro e o desenvolvimento dos planos encontra-se na fase de proposições. Além do formato online, a população também pode participar das oficinas comunitárias; as próximas serão realizadas na segunda-feira (3), na Biblioteca Municipal Professor Bruno Enei (Olarias), e na terça-feira (4), na Unicesumar (Oficinas). A participação é gratuita e aberta para toda a comunidade. Mais informações estão disponíveis no site http://planodiretor.pontagrossa.pr.gov.br e o formulário está disponível no link https://goo.gl/EzQqpM.

Urbtec

Para a produção dos planos a Prefeitura Municipal conta com a consultoria da empresa Urbtec, que já possui experiência com modelos de outras cidades. O seu diretor, Gustavo Taniguchi, avalia o andamento do projeto em Ponta Grossa. “Cada município é único em seus problemas e soluções. Ponta Grossa é mais um desafio para a nossa equipe, que considera os aspectos sociais, ambientais, econômicos e culturais para a proposição das diretrizes do Plano Diretor e do Plano de Mobilidade”, pondera Taniguchi.

O diretor da Urbtec também destaca a importância do envolvimento popular: “Contamos com a participação da população nessa fase de proposições para que os documentos possam realmente direcionar o crescimento da cidade de forma ordenada e sustentável. Mais do que planejar para os próximos 10 anos é necessário pensar a cidade das próximas gerações”, finaliza o engenheiro.

Fonte: Portal PMPG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *