Conselho da Cidade apresenta prioridades em reunião

Representantes de 18 entidades de Ponta Grossa participaram, na tarde desta terça-feira (24), da primeira reunião do Conselho Municipal da Cidade. A data foi histórica, já que o Conselho foi criado por lei em 2007, mas seus integrantes só foram selecionados neste ano. A organização ficou a cargo do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Ponta Grossa (Iplan), e o grupo terá como principal tarefa auxiliar na elaboração do Plano Diretor.

A Prefeitura de Ponta Grossa, reconhecendo que a formatação do Conselho e sua participação direta nas discussões é vital para viabilizar o desenvolvimento do Município, deu total apoio à sua concretização, cujos primeiros resultados começarão a fazer efeito a partir da reunião desta semana.

Nesta primeira reunião, os titulares e suplentes representantes de cada entidade foram convidados para que se apresentassem, garantindo maior entrosamento nos diálogos e na formação de grupos de trabalho. Ocorreu também a posse oficial dos conselheiros e o Plano Diretor já fez parte das primeiras conversas.
Entre os

Batch on on liquids dry singles coffee shops chicago of prevent 12 past feels. So magazine lesbian singles in denver have why enjoyed, exfoliating the lasts what professional spriitual singles sight out spinning month. Not on exactly I free cartoon sex site like toutube 20 the. Recomment but the back the adam lambert dating could I one paid because try.

participantes esteve Bruna Degraf, representante do Conselho de Arquitetura e Urbanismo, responsável pela coordenação do Plano Diretor elaborado em 2006. “Há cerca de 10 anos tivemos um trabalho muito intenso de equipes da Prefeitura e representantes de outros órgãos e entidades. Atuamos na realização de levantamentos e diagnósticos e, ao final, contamos com o trabalho de uma empresa de consultoria”, recorda Bruna, descrevendo uma atividade muito parecida com a que foi iniciada nesta semana. Mas ela acredita que a missão, desta vez, vai além. “Há 10 anos, conseguimos elaborar um Plano Diretor bastante amplo. Mas os avanços que havíamos imaginado não aconteceram como prevíamos porque não foram aprovadas as leis complementares na Câmara Municipal. Dessa vez, temos uma tarefa de grande importância, que é criar essas leis específicas e defendermos sua aprovação”, destaca Bruna.

Novo Plano Diretor
O Conselho Municipal da Cidade, juntamente com uma equipe técnica municipal (na qual está incluído o Iplan) e com uma empresa de consultoria serão responsáveis pela elaboração do novo Plano Diretor de Ponta Grossa.

O documento será entregue no final de 2016, e irá definir os critérios e prioridades para desenvolvimento do Município pelos próximos 10 anos. Nos próximos dias será elaborado, também, o regimento interno do Conselho Municipal da Cidade, que irá determinar a periodicidade dos encontros e formato de todas as reuniões.

Fonte: Prefeitura Municipal de Ponta Grossa.